• Hotel Oblivion

    O mais recente capítulo nas vidas bizarras da sua equipa de superheróis ex-adolescentes. A braços com um número crescente de superpoderosos lunáticos que anseiam combater a sua prodigiosa prole, Sir Reginald Hargreeves engendra a solução definitiva... Mas o passado regressa para assombrá-los.
  • Um mês após a Operação Leilão, os Quinx são chamados para investigar a família Tsukiyama. Este é um caso importante para a equipa e para o seu mentor, Mas os flashbacks frequentes de Haise fazem--no questionar tudo em que acredita – até mesmo a própria identidade.
  • A Operação Leilão resulta num banho de sangue e Toru Mutsuki, Investigador da C.A.G. tenta escapar com a ajuda de Kuki Urie, ex-líder da Quinx. Mas o único objetivo de Kuki Urie é a sua próxima promoção... Com um aliado tão duvidoso e Ghouls famintos de carne por toda parte, será Toru capaz de escapar?
  • Evasão

    Emma e Ray criam uma manobra de diversão para esconder a fuga de todas as crianças da Casa de Grace Field, mas a mãe não desiste. Com um exército de demónios à sua espera, a que sacrifícios será Emma obrigada para conseguirem fugir do orfanato?
  • Quero Viver

    À medida que o plano de fuga do orfanato avança, a mãe revela que os dias de Norman estão contados. Emma e Ray farão tudo para salvar o amigo, mas conseguirão eles ultrapassar a inteligência da sua maior inimiga?
  • Pyongyang é quase uma fotorreportagem da estadia do autor na Coreia do Norte, enquanto colaborador do Estúdio de Animação SEK (Scientific Educational Korea). As histórias, ilustradas de forma simples mas bastante pormenorizada, apresentam com ironia e bom humor os paradoxos de uma sociedade em negação.
  • Mirai enfrenta Metrópolis para decidir quem será o próximo Deus. Trocam-se flechas brancas e flechas vermelhas, enquanto o fim da batalha se aproxima. Mas que segredos sinistros esconde Metópolis?
  • Na maior e mais estranha das aventuras de Paper Girls até ao momento, Tiffany e as suas colegas distribuidoras de jornais são atiradas dos tempos pré-históricos para o ano 2000, onde finalmente conseguem obter algumas respostas para aquilo que se está a passar. Paper Girls recebeu em 2016: Prémio Eisner para Melhor Nova Série e Melhor Desenho/Cores. Prémio Harvey para Melhor Nova Série e Melhor Escritor.

Go to Top