• Um relato esclarecedor e perspicaz sobre a Birmânia, no momento da passagem do autor pelo país, como acompanhante da sua mulher, numa comissão dos Médicos do Mundo. Autorretrato genial cativante e bem-humorado de um país e das pessoas que conhece durante esta estadia. Autor de Pyongyang, Shenzen e Jerusalém (Melhor Álbum do Festival de Banda Desenhada de Angoulême, 2012).
  • Pyongyang é quase uma fotorreportagem da estadia do autor na Coreia do Norte, enquanto colaborador do Estúdio de Animação SEK (Scientific Educational Korea). As histórias, ilustradas de forma simples mas bastante pormenorizada, apresentam com ironia e bom humor os paradoxos de uma sociedade em negação.
  • Corrida Louca

    Light procura não perder a calma sob a apertada vigilância de L, mas nem os 64 microfones e câmaras escondidos no seu quarto são suficientes para detê-lo. Light decide tornar o jogo ainda mais difícil, mas, antes que a verdadeira batalha de génios possa começar, uma emergência familiar vem exigir a sua atenção.

Go to Top