Entrevista: Yusei Matsui

O local de trabalho de Yusei Matsui tem uma ambiente único e de bom gosto, muito devido à sua secretária em segunda mão que tem desde sempre e às suas ferramentas gastas, entre as quais a caneta que usa desde o tempo do ensino secundário.

Uma garrafa cheia de canetas nib (canetas de aparo) chama a minha atenção.

< Para que serve isto?
YM Deito aí as canetas gastas. Faço isto desde que comecei a desenhar, e faz-me sentir como se fizesse muitos progressos.

< Num único olhar isto mostra quanto progrediu e quão longe foi. Uma ideia para imitar certamente.
YM Até brilha um pouco, acho que é fofinho. (risos)

< O que pensa sobre originalidade?
YM Acho que as pessoas que tem uma técnica de desenho sólida devem desenhar estilos populares, mas pessoas como eu, que não têm um talento real precisam de outras ferramentas. Alguns artistas são bons a desenhar figuras humanas e coisas reais, mas eu não era muito bom e não tentei melhorar esse aspeto. Em vez disso comecei a desenhar outras coisas. Acho que qualquer pessoa consegue fazer qualquer coisa bem feita, se tiver auto-confiança necessária.

< Ser original sem perder a auto-confiança… isso parece difícil, como conseguiu tão rapidamente?
YM Não consegui e quase a perdi por completo. Mas pensei: Ok, esta é a minha última hipótese! e apostei aleatoriamente em diferentes áreas, no final consegui “encontrar-me”.

< Como imagina as coisas que desenha, e como lhes dá vida?
YM Uso muitas vezes a colagem. É como se fosse uma mistura de diferentes coisas para fazer algo. Frequentemente surge algo fantástico. Claro que não uso a totalidade desse trabalho, nem metade, mas misturo várias imagens para fazer a minha própria imagem original.

< As imagens que desenha têm uma atmosfera mais artística do que ilustrativa. Sempre se interessou por arte?
YM Sinceramente, antes não pensava nisso. Mas achei necessário para o ambiente de certas histórias, então comecei a ver pintura. A partir daí comecei a apreciar arte cada vez mais.

< Hoje em dia tem algum artista de que goste?
YM De momento gosto do artista Rei Kamoi. Vi um programa na televisão acerca dele e pareceu-me fantástico. Ele tem uma obsessão estranha por caras. Aprecio também a arte de Goujin Ishihara, que desenhou as ilustrações de Shounen Tantei Dan. Nunca usei partes das suas imagens diretamente nos meus trabalhos, mas tenho um mesmo método que ele.

< Qual é o seu método?
YM Primeiro desenhar imagens eróticas (risos), depois grotescas, e deixar ao mesmo tempo humor e partes interessantes (risos)

< Tem imensas enciclopédias ilustradas ao lado dos seus livros de arte. São referências para si?
YM Adoro enciclopédias com imagens. Especialmente as de condimentos (risos), contém todo o tipo de condimentos existentes… como preparar, a sua origem, tudo, é interessante apenas olhar. Um dia quero ilustrar enciclopédias. Mesmo se o ilustrador desenhar imagens realistas, pode esconder o seu estilo e método, o que também acho interessante.

< Para o Sensei enciclopédias são objetos para admirar. Os seus pensamentos sobre beleza estão espelhados por todo o seu trabalho. Por exemplo, uma personagem sua descreve ostras fritas como “Belezas em forma de balas”.
YM Ostras fritas são muito boas. São tão bonitas e sabem fantasticamente bem

< Interpretar ostras fritas como bonitas é algo muito próprio. Vê coisas desse género no seu dia a dia?
YM Tento sempre ver as coisas através de uma diferente perspetiva, mas ultimamente tenho arredondado os meus pensamentos para sentir e ver as coisas banais como bonitas. (risos)

< As suas personagens são variadas e únicas. Não apenas os “vilões”, mas também as personagens femininas que parecem bastante fortes… normalmente são muito diferentes da imagem típica das heroínas de mangá. Alguma razão em especial?
YM Tento evitar a imagem ideal que os homens têm das heroínas, porque, no meu entender, é falsa. Quero torná-las pessoas normais… para as suas reações e comportamento serem mais realistas.

< É isso que faz as personagens serem originais? Existe alguma outra forma de criar personagens?
YM É aplicado principalmente aos vilões, mas evito personagens completamente assustadoras e desenho-as um pouco “fofinhas/bonitinhas”. O meu conceito é criar personagens “assustadoramente engraçadas” ou “comicamente assustadoras”.

< Qual o segredo para criar rapidamente imagens muito detalhadas? Demora muito tempo a desenhar páginas assim?
YM Desenho muitas coisas estranhas (risos). Tenho que desenhar coisas que não existem e isso requer muito tempo, pois os meus assistentes não as conseguem desenhar sem um esboço.

< Tem algum truque para ser mais rápido?
YM Encurto o meu tempo de trabalho e dos meus assistentes. Sei que existem ilustradores de mangá que deixam os seus assistentes desenhar todos os fundos, mas penso que é mais produtivo se existir apenas um ou dois quadrados por página para detalhar. Para dizer a verdade, misturo muitos quadrados com fundos simples de tons pre-definidos, com outros mais complicados.

< Não teria notado se não o dissesse!
YM Tento misturá-los para não parecer um… trabalho desleixado. (risos)

< Qual a técnica que gosta de usar para desenhar linhas brancas em fundos escuros?
YM As áreas a preto são pintadas com um marcador permanente e não a tinta.
O restante é tudo a tinta branca.

< Como é o processo de criação do enredo da história?
YM Quando criamos o enredo não existem quase imagens nenhumas, apenas alguns diálogos. Os editores tem sempre uma ideia pre-definida das imagens que faltam, mas acabam por ficar sempre surpreendidos com o resultado final. (risos)

Informação bónus

Ferramentas transbordantes de funções e obsessões:

– A caneta-G: Para um uso duradouro.
– A caneta-Maru: Flexível, escreve suavemente e é mais fácil de usar.
– A escova de dentes: Para efeitos de salpicos.

Artista que o inspirou: Goujin Ishihara

Calendário semanal de trabalho:

Segunda-feira: Desenhar esboço
Terça-feira: Desenhar esboço –> começar os contornos (chega o assistente)
Quarta-feira: O assistente ajuda a finalizar (em 48 horas) –> páginas terminadas!
Quinta-feira: Reunião com o editor sobre o capítulo seguinte
Sexta-feira: História/enredo
Sábado: História/enredo
Domingo: História/enredo

Fonte: http://nougami-neuro.livejournal.com/174286.html
Original: http://amahara.tonosama.jp/inta.html

2018-03-14T12:32:45+00:00

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Para aceitar as cookies do nosso site, por favor pressione o botão abaixo. Mais Informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close